Adair Ribeiro se dedicou mais de meio século ao Aeroclube de Juiz de Fora

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Você conhece o senhor Adair Ribeiro? Sua história se confunde com a do Aeroclube de Juiz de Fora, pois, durante 60 anos, ele foi mecânico de aeronaves e instrutor de voo da instituição, com mais de 33 mil horas de voo. Adair formou mais de 1500 pilotos durante toda sua trajetória; e muitos deles, hoje, trabalham como Comandantes em grandes empresas de linha aérea pelo país e pelo mundo afora.

O mais importante para ele era: “tenho muitas histórias para contar sobre aviação e nenhum aluno meu jamais sofreu um pequeno acidente”.  A afirmação está presente na matéria do jornal Diário Regional da data de 4 de junho de 1995, quando o saudoso Adair ainda estava entre nós e concedeu entrevista para a equipe do jornal. Sempre admirado, por todos, pela sua experiência, habilidade e audácia, ele também comentou sobre seus trabalhos na manutenção de aviões: “o segredo é seguir as normas. Senão, o risco é muito grande”.

Seu começo no Aeroclube de Juiz de Fora, em 1941, foi como ajudante de mecânico. “Teve os melhores mestres possíveis, pois nos anos 40 e 50, eram os próprios integrantes da Força Aérea Brasileira que prestavam assistência, em uma campanha que durou mais de um ano e visava incentivar a criação de aeroclubes com escolas de mecânica e pilotagem”.

Além de ter feito todos os cursos para se tornar piloto e, depois, instrutor do Aeroclube, ele também conseguiu o credenciamento pelo Ministério da Aeronáutica para realizar checagem de pilotos de linhas comerciais. Ele tinha muito orgulho de falar sobre todos os seus alunos que foram checados por ele e sabia onde cada um tinha chegado na sua carreira profissional, seja na aviação nacional ou internacional.

O Aeroclube sempre teve a tradição de receber alunos de outros países e, em 1995, foram cinco alunos de Cabo Verde. Depois de um ano estudando, eles voltaram para seu país como pilotos. “O Adair é uma pessoa sensacional. Passa segurança, tranquilidade e toda a experiência que adquiriu lidando com os aviões durante mais de 50 anos. Isso incentiva ainda mais

a gente”, comentou, na época, uma de suas alunas africanas, Eliana Lopes.

Aeroclube de Juiz de Fora

Há 81 anos, o Aeroclube de Juiz de Fora é uma escola de aviação civil que prioriza a segurança e a qualidade profissional na formação de seus pilotos, oferecendo diversos cursos na área de aviação, como de Piloto Privado Avião e de Piloto Comercial Avião, além de proporcionar voos panorâmicos para a população de Juiz de Fora e região.

*Outras informações com a Assessoria de Comunicação do Aeroclube de Juiz de Fora, pelos telefones: (32) 3233-1004 ou 98831-

2973.

Texto: Flávia Cocate
Fotos: arquivo jornal Diário Regional 1995 e Internet

 

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Talvez, você também goste:
Busca por tags:

Deixe uma resposta

Categorias

 

Posts em destaque

Como me tornar um piloto profissional?

Arquivo do blog

 

Galeria de fotos

Slider