Saiba como o profissional de Ciências Contábeis descobriu sua paixão pela nova carreira de piloto

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

“Não achei algo hoje na minha vida que me trouxesse tanta sensação de liberdade igual a que a aviação me proporciona”. A afirmação é do piloto Henrique Martins Coelho que está cursando, atualmente, Piloto Comercial Multimotor IFR no Aeroclube de Juiz de Fora. Antes de optar pelos estudos de piloto, Henrique chegou a se formar e a trabalhar na carreira de Ciências Contábeis. Mas, em dois momentos de sua vida, ele percebeu que a aviação o chamava mais atenção. Momentos esses que iremos descrevê-los abaixo.

Admiração pela aviação

Primeiro foi quando assistiu a uma demonstração da Esquadrilha da Fumaça. As manobras o inspiraram a seguir a carreira na aviação militar, o que o motivou a tentar alguns concursos para a Força Aérea Brasileira, sem sucesso na época. O segundo momento já foi certeiro, quando ele fez um voo em uma empresa área de São Paulo para São José do Rio Preto. “Ali tive a certeza que a aviação civil era o caminho certo. O voo foi o divisor de águas para mim. A partir dali, minha vida passou a ser voltada totalmente para atingir o objetivo de ser piloto comercial, trabalhar na área e viver disso”, ressaltou.

Após a decisão, ele passou um ano pesquisando onde ele poderia fazer seus cursos, parte médica necessária e as vantagens e desvantagens da carreira. “Eu sou de Monte Aprazível, localizada a 35 km de São José do Rio Preto, local que descobri que tinha um aeroclube. Ali eu fiz a parte inicial, piloto privado teórico e prático, com 40 horas iniciais. Fiz o voo de cheque e dei início ao curso prático de Piloto Comercial”.

Como nesse aeroclube não tinha as partes iniciais de IFR e Multimotor, ele começou a pesquisar aeroclubes pelo país para dar continuidade aos estudos. Então ele encontrou o Aeroclube de Juiz de Fora, em Minas Gerais cuja localização ficava bem mais acessível, pois se localizava perto do Aeroporto da Zona da Mata. “Além do preço que estava mais dentro da minha realidade na época”, explicou.

Instrução no ACJF

Perguntado sobre a instrução do Aeroclube de Juiz de Fora, Henrique comenta que “os instrutores são bem capacitados, tanto na parte visual quanto na parte por instrumentos. A parte multimotora, são pessoas que têm experiência e conseguem te passar de uma forma fácil. Você voa várias horas por dia. O modelo de escala está cada vez melhor. Está ficando mais fácil para o aluno voar. O Aeroclube de Juiz de Fora é muito bom para a carreira”, afirmou.

Carreira na aviação

Após formado, Henrique deseja, inicialmente, trabalhar como instrutor de voo, para ajudar os novos colegas de profissão a aprender a voar também. Depois ele pretende seguir a Aviação Geral para poder aprender como funciona a carreira, gestão de aeronaves, gerenciamento de avião, autonomia de plano de voo. E mais futuramente, ele pretende seguir a Aviação Comercial.

Vale salientar que a Aviação Geral consiste em qualquer tipo de aviação, que não seja voos regulares (de linhas aéreas) ou aeronaves militares. São pequenos aviões de propriedade particular ou até mesmo modernos jatos executivos, dentre outras atividades. Já a Aviação Comercial consiste em linhas aéreas, a exemplo de grandes empresas como a Gol e a Latam.

Mensagem para os alunos do curso de piloto

Confira a mensagem que ele deixa para os alunos que ainda estão no início do sonho de se tornar piloto: “a aviação é um ramo difícil, mas é muito gratificante. Voar não tem palavras para descrever. Se você não tem condições financeiras de começar o curso de piloto, dê o primeiro passo, tente buscar alternativas. Tenho certeza que você vai conseguir também. Eu consegui e acho que qualquer pessoa consegue também. Eu sei como é você não ter ninguém da aviação na família para te ajudar a se inserir no mercado. É gratificante você chegar no fim, olhar para trás e ver que tudo valeu a pena”.

Aeroclube de Juiz de Fora

Desde 1938, o Aeroclube de Juiz de Fora forma pilotos profissionais para o mercado da aviação do país e mundo afora. Mais de 12 mil pilotos já se formaram na escola de aviação civil juiz-forana, que conta com diversos cursos de aviação, com destaque para os cursos de Piloto Privado, Piloto Comercial e Instrutor de Voo Avião.

*Outras informações, entrar em contato com o Aeroclube de Juiz de Fora pelos telefones: (32) 3233-1004 ou (32) 9 9949.7691.

Texto: Flávia Cocate

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Talvez, você também goste:
Busca por tags:

Deixe um comentário

Categorias

 

Posts em destaque

Como me tornar um piloto profissional?

Arquivo do blog

 

Galeria de fotos

aerobuero
aeroclube
Aeroclube_Aviões (171)
aeroclube_slider_7
aeroclube_81