Horas de voo X treinamento

Curso de piloto privado
Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Se você está iniciando ou conhecendo um pouco mais sobre a aviação, deve saber que as horas de voo são algo muito importante para o piloto, sendo este um caminho que faz com ele se destaque em meio à concorrência. Além disso, a partir das horas de voo, tem-se a ideia de quão hábil o piloto é.

Inicialmente, as horas de voo fazem parte do treinamento do aluno-piloto.

Mas, eu te faço uma pergunta. Você sabe a diferença entre horas de voo e treinamento? Neste artigo você irá descobrir isso.

Horas de voo

As horas de voo, segundo a Anacpedia, pode ser definida como: “o período compreendido entre o início do deslocamento, quando se tratar de aeronave de asa fixa, ou entre a “partida” dos motores, quando se tratar de aeronave de asa rotativa, em ambos os casos para fins de decolagem até o momento em que respectivamente, se imobiliza ou se efetua o “corte” dos motores, ao término do voo (calço-a-calço).”

Dessa forma, é levado em consideração a quantidade de tempo que se esteve a bordo da aeronave. E, isso não quer dizer, necessariamente, que se esteve em treinamento, aprendendo algo, evoluindo, aprimorando as habilidades de voo ou adicionando elementos na sua formação.

Com isso, nem sempre, acumular absurdas horas de voo é a solução para ter, de fato, experiência e conseguir um bom emprego. 

Assim, ter o acúmulo de horas como único objetivo pode se tornar um tiro no pé, principalmente porque, ao sentar ao lado de um comandante (realmente experiente), ele irá observar que a sua quantidade de horas não são reflexo do seu nível de habilidade como piloto.

Treinamento

O treinamento de voo se inicia no primeiro momento em que o aluno escolhe por iniciar a sua formação como piloto, ou seja, no próprio curso teórico de Piloto Privado.

Na formação, é importante se preparar para uma longa trajetória e entender que o seu tempo de duração pode ser o seu melhor amigo, correr para concluir ou não ter um bom planejamento, não é uma opção.

A ideia é aproveitar a fase de treinamento, pois, nesse momento você realmente irá aprender, evoluir, desenvolver habilidades técnicas e não técnicas.

Lembre-se: nem toda hora de voo é um treinamento, mas todo treinamento é uma hora de voo. Fazendo assim, você será um profissional com mais confiança, que conseguirá comprovar sua experiência, além de suas habilidades técnicas.
Quer iniciar sua carreira como piloto ou se especializar? Conheça os cursos oferecidos pelo Aeroclube de Juiz de Fora.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Talvez, você também goste:
Busca por tags:

Deixe um comentário

Categorias

 

Posts em destaque

Como me tornar um piloto profissional?

Arquivo do blog

 

Galeria de fotos

aerobuero
aeroclube
Aeroclube_Aviões (171)
aeroclube_slider_7
aeroclube_81